fbpx

Álcool de alecrim serve para tratar celulite, varizes, gota e dores musculares

Durante muito tempo, o álcool de alecrim há sido considerado um produto de uso externo amplamente utilizado para tirar proveito dos benefícios tópicos desta planta medicinal. Seguindo as dicas de preparação com esta fórmula pode ser absorvida de forma mais fácil pela pele.

Frequentemente é recomendado o uso externo, em especial nos seguintes casos, seja por fricção, compressão etc. Estes são:

  • Distúrbios circulatórios, varizes, desconforto nas pernas.
  • Contra a celulite
  • Para distensionar na área do pescoço
  • Golpes e contusões (que não sangram)
  • Tratamento muscular, articular, dores reumáticas, lombalgia, entorse.
  • Contra a perda de cabelo.
  • Dermatite seborreica.
  • Na queda do cabelo.
  • Neuralgias.
  • Massagem tonificante

Também é usado na medicina veterinária como antiparasitária e para prevenir a queda do pelo nos animais.

Se decidir preparar o álcool de alecrim em casa, procure usar os galhos de alecrim frescos, de preferência com folhas e flores, álcool para curar feridas e um recipiente de vidro. Coloque as folhas junto com as flores no recipiente de vidro, cortadas ou inteiras.

Logo depois, despeje o álcool e cubra o recipiente por aproximadamente 15 dias. Recomendamos que coloque o recipiente de vido num local escuro e envolvido com algum material que possa deixar mais oculta da luz.

Após as duas semanas recomendadas, filtre o álcool com uma peneira e o líquido remanescente é o que será usado para começar a aplicá-lo nas áreas afetadas pela celulite.

Antes de começar a usá-lo, a pele deve ser esfoliada para garantir que o produto seja absorvido em sua totalidade. Você pode usar alternativas para esfoliar a pele.

Aplicação

Para aplicar o álcool de alecrim deve ser aplicado usando algodão, fazendo massagens de baixo para cima. A pele deve ser bem molhada com o álcool. Não deixe nenhum espaço do lado de fora, lembre-se da parte de trás das pernas, sob as nádegas. Deixe agir por dez minutos e depois remova-o com bastante água.

Se você quiser melhores resultados, você pode aplicar um creme ou hidratante no final do procedimento. Lembramos que os resultados não são imediatos, mas com o tempo poderá ver resultados significativos.

Pessoas com problemas de epilepsia ou mulheres grávidas devem tomar precauções com o uso de alecrim.

Estas dicas são apenas para fins informativos e educacionais. Não é um substituto para aconselhamento médico profissional, diagnóstico ou tratamento. Sempre consulte seu médico com qualquer dúvida que possa ter sobre uma condição médica.